Videos no Youtube

Loading...

quinta-feira, 31 de maio de 2012

Um Ano depois! Síndrome Olhar Queiroz Junior, regressar se fez por necessário.

      Eu escrevi essa crônica há mais ou menos um ano atrás (minha namorada é testemunha rsrsr). A idéia era fechar a crônica sobre encontrar gente da própria cidade em lugares inusitados. Mas quando fui publicar pensei em fazer o seguinte: "Vou deixar para publicar no primeiro aniversário do blog!" - daí eu teria um compromisso comigo mesmo de levar 'o sonho projeto de escrever para mais de meia dúzia de pessoas' a ter no mínimo um ano! Missão cumprida!






Situação três- Trem fantasma: Em outra cidade que você esteja morando, você passa de carro por um ponto de ônibus, meio da tarde na rotina, olha pro lado e vê uma pessoa de Itabirito falando no telefone... provavelmente com outra pessoa de Itabirito (você pensa rsrsrsr...). Olhar Queiroz Jr no gatilho... em seguida, você num sorriso confuso, olho no trânsito de rotina... e no retrovisor, pra conferir o que você já sabe!

Situação quatro - você está numa cidade distante lutando com os ombros para ser atendido pelo balconista do 'Festival Peão da Canjica', entre os demais coloridos está ali aquela figurinha cinza. A troca de olhares dispensa mesmo palavras. Você se concentra e antes que seu braço com a fichinha do pedido cansasse, o balconista pega sua fichinha! Uff.  Na espera você tende a olhar para onde você vai depois de pegar o que veio na barraquinha. Daí, pronto chega o balconista! Você pega o pedido, tal, quase esbarra no 'con-cidadao penetra' no seu mundo de aventura. A vontade é de gritar inesperado "ÊEEEE ITABIRIIIIITU!" pra pessoa travar num susto com olhos semi-abertos, sem saber se os braços tremendo tapam os ouvidos ou a proteje de você. Só a vontade mesmo, você acaba sorrindo e resmungando "gente de Tábirito...rsrsr".

Situação cinco - Sozinho! Porque os seus não vieram, ou já foram embora. Você decide ficar pra aproveitar o finalzinho do "Décimo Quarto Num sei o que do vale verde". Segue andando solto, mesclando 'curiosidade e familiaridade' com as novidades. Ao parar para conferir alguma coisa no bolso ou celular, você dá de cara não com um, mas com um bando, e o pior, são daquelas 'panelinhas' que todo mundo zoa (só eles que se aguentam mesmo) 2 ou 3 te reconhecem e lançam aquele sorriso de taxisista com dor de barriga. Você termina o que estava fazendo. Sente que a conversa deles diminuiu, e que estão te fuzilando com o Olhar Queiroz Junior! Você pragueja contra 'esse povinho' alguma coisa rindo, sacudindo leve a cabeça. Mas no fundo sabe que o povo dessa nossa cidade tem conserto. E vai lembrando que tem gente legal também, ora, seguindo sozinho em direçao ao imenso horizonte laranjado de final de filme de faroeste. Você, por exemplo, é Foda!!!


---------
Ah, confere também minha paródia clicando no link abaixo :)
http://www.youtube.com/watch?v=409M7VM0jyY

Nenhum comentário:

Postar um comentário